fbpx

Desmame: fase final da amamentação

desmame

O desmame é a fase final do período de amamentação, quando a criança vai deixando de ingerir o leite materno e passa por um processo de transição para receber todos os nutrientes através da dieta tradicional. Esse momento, às vezes, pode despertar ansiedade na mãe, gerando dúvidas sobre quando e como fazer. Por isso, é importante lembrar que a amamentação é um processo físico-afetivo, para a mãe e para o bebê. Sua ação no desenvolvimento do indivíduo é ampla e complexa, tanto no âmbito físico quanto emocional. O bebê não mama apenas quando está com fome, mas também quando quer atenção, carinho e aconchego, por exemplo.

 

Dr. Willian Sears (pediatra norte-americano) sugere: “Não limite a duração da amamentação a um período pré-determinado. Siga os sinais do bebê. A vida é uma série de desmames, do útero, do seio, de casa para a escola, da escola para o trabalho. Quando uma criança é forçada a entrar em um estágio antes de estar pronta, corre o risco de afetar o seu desenvolvimento emocional.”

 

Veja também:

 

Então, quais são os sinais de que o bebê está pronto para o desmame?

 

Idade maior que 1 ano;

Menos interesse pelas mamadas;

Aceitação de alimentos variados;

Aceitação de outras formas de consolo;

Aceitar não mamar em certas ocasiões e locais;

Pouca ansiedade quando encorajado a não mamar;

Preferência por outras atividades ao invés de mamar;

Segurança na relação com a mãe.

 

O ideal é que o desmame seja feito de forma gradual. O processo requer paciência, afinal pode ser necessário algum tempo.  A mãe deve estar segura quanto ao fato de querer encerrar a amamentação. Nesse sentido, o apoio da família é valioso, pois o processo pode ser complexo. Além disso, indicamos evitar o início do desmame nos momentos em que estejam havendo outras mudanças simultaneamente, como, por exemplo, desfralde, mudança de casa ou instabilidade na rotina familiar.

 

O desmame não significa o fim da intimidade entre mãe e filho, mas sim o início de uma nova fase.

SOBRE

A Clínica Vida Vegana nasceu do sonho da Dra. Gleyce Cobra de levar para o consultório de pediatria geral o diferencial de atender com respeito, acolhimento e embasamento técnico-científico famílias já adeptas ou em transição para uma alimentação vegetariana.

POSTS RECENTES

REDES SOCIAIS

Contato

WhatsApp chat