fbpx

Alimentação na terceira idade

alimentacao na terceira idade

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), é considerado idoso o indivíduo com mais de 60 anos nos países em desenvolvimento e mais de 65 anos nos países desenvolvidos. Popularizado no Brasil, o termo terceira idade, e carinhosamente chamado de melhor idade, é, sem dúvida, a fase da vida que se caracteriza por diversas mudanças corporais. Uma dessas mudanças é referente às necessidades nutricionais.

Indivíduos na terceira idade podem apresentar desgaste das papilas gustativas bem como ter sensibilidade diminuída aos sabores. Portanto, essa alteração pode levar ao uso inadequado de temperos (como o sal) e adoçantes (como o açúcar refinado) para realçar o sabor dos alimentos.

Veja também:

 

A diminuição na produção de suco gástrico também transcorre de forma frequente na terceira idade, tornando a digestão mais lenta e dificultando a absorção de nutrientes. São bastante comuns carências de vitaminas do complexo B e de minerais como, por exemplo, o ferro.

A redução geral do metabolismo leva a alterações significativas da constituição corporal, com perda de massa muscular e óssea. Esse impacto é ainda mais evidente em mulheres na terceira idade, sobretudo por conta da menopausa e suas alterações hormonais características. Por isso, são aumentados os riscos de osteoporose.

Ainda falando sobre alterações da constituição corporal, é comum o aumento da porcentagem de gordura, que pode ser subcutâneo e/ou abdominal. Nesse sentido, sabe-se que o aumento de gordura visceral amplia as chances de doenças cardiovasculares como, por exemplo, infarto e AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Alimentação contra doenças na terceira idade

A alimentação na terceira idade tem impacto direto na prevenção e no controle de doenças crônicas como diabetes, obesidade, colesterol alto, doenças cardiovasculares, distúrbios da tireoide e câncer.

Por isso, o acompanhamento com uma nutricionista tem como objetivo analisar o histórico de saúde, a constituição corporal e o estado metabólico do indivíduo. Assim, é possível customizar a alimentação na terceira idade de acordo com as necessidades individuais.

Além da conduta nutricional, o profissional avalia problemas não só com a mastigação, mas também preparo dos alimentos (perigos com uso de talheres, preparações quentes) e qualidade sanitária durante a manipulação da comida.

SOBRE

A Clínica Vida Vegana nasceu do sonho da Dra. Gleyce Cobra de levar para o consultório de pediatria geral o diferencial de atender com respeito, acolhimento e embasamento técnico-científico famílias já adeptas ou em transição para uma alimentação vegetariana.

POSTS RECENTES

REDES SOCIAIS

Contato

WhatsApp chat