fbpx

Apendicite: conheça os sintomas e o tratamento

apendicite

O apêndice é um pequeno órgão parecido com um dedo de luva. Fica localizado na primeira porção do intestino grosso (ceco), na parte inferior direita do abdômen; atualmente, não parece ter uma função específica no organismo. A apendicite é a inflamação que ocorre no apêndice por uma obstrução inespecífica da cavidade do órgão. Assim, pode ser secundária a presença de fezes, alimentos mal digeridos, corpos estranhos, aumento dos gânglios intestinais, curvatura ou então a torção do próprio apêndice.

Veja também:

 

A apendicite, sem dúvidas, é a causa mais comum de cirurgias abdominais de urgência em crianças. É rara antes de 1 ano, mas sua incidência aumenta com a idade. De forma geral, é mais frequente na pré-adolescência e tende a ocorrer mais em meninos.

Sintomas de apendicite

 

Os sintomas clássicos são falta de apetite e dor perto do umbigo que evolui para o lado direito e baixo do abdômen. Além de piora da dor ao andar, pular ou mudar de posição na cama, febre e vômitos também estão presentes. A apresentação clínica pode variar de acordo com a idade, com os sintomas tendendo a ser mais inespecíficos em crianças menores. A avaliação médica, sem dúvida, é essencial.

Em pacientes com sinais e sintomas característicos, o diagnóstico de apendicite pode ser feito apenas com a história e o exame físico. No entanto, em casos duvidosos, indica-se a realização de ultrassonografia e/ou tomografia de abdômen, além dos exames de sangue.

Tratamento

 

O tratamento da apendicite é exclusivamente cirúrgico para a remoção do órgão. A cirurgia pode ser feita pela forma convencional ou por videolaparoscopia. O procedimento deve ser realizado o mais rapidamente possível, com o intuito de evitar complicações como, por exemplo, a perfuração do apêndice, infecção e inflamação de toda a cavidade abdominal. Se não tratada, há o risco de alterações sistêmicas e, às vezes até chances de óbito. O uso de antibióticos é indicado, pelo menos, durante a internação (2 dias) nas apendicites não complicadas. No entanto, deve ser prolongado por, no mínimo, 7 dias nas apendicites complicadas.

SOBRE

A Clínica Vida Vegana nasceu do sonho da Dra. Gleyce Cobra de levar para o consultório de pediatria geral o diferencial de atender com respeito, acolhimento e embasamento técnico-científico famílias já adeptas ou em transição para uma alimentação vegetariana.

POSTS RECENTES

REDES SOCIAIS

Contato

WhatsApp chat